Como fiquei doente nas últimas semanas acabei assistindo vários seriados, escolhi 3 deles que maratonei da Netflix pra indicar para vocês:

1. Glow

Glow se passa nos anos 80 e é sobre mulheres que aceitaram fazer parte de um programa de luta livre feminina pelo dinheiro. Não sou fã de luta livre, assisti por achar a hisória bem diferente e gostei mesmo. O roteiro é bem escrito, cada hora conhecemos um pouco sobre cada uma das meninas e vemos como era a luta livre na época. Gostei muito das atrizes também ( a Alison Brie de Community está maravilhosa!).

A segunda temporada é ainda melhor que a primeira, com mais equilíbrio entre a comédia e o drama e um desenvolvimento da história das personagens.

2. Annie wih an E

 

Annie é uma garota órfã de 13 anos que vive na ilha de Príncipe Eduardo no final do século XIX. O mix de drama e fantasia nos mostra as adversidades que passou e ainda passa na vida, desde os orfanatos, adoções que não deram certo até onde está agora, adotada por um casal de irmãos mais velhos. Annie, uma jovem muito inteligente e com imaginação, acaba transformando não só a vida de Marilla e Matthew, mas da cidade toda.

O seriado trata de assuntos sérios como adoção, bullying, sexualidade, preconceito e feminismo de uma forma linda! Além disso a fotografia é muito bonita, foi o que me chamou atenção antes de conhecer a série. Maratonei a segunda temporada e achei tão boa quanto a primeira. A série acaba de ser renovada para a terceira temporada.

3. Brooklyn Nine Nine

 

Broklyn Nine Nine é uma série de comédia de 2013 do mesmo criador de The Office, o estilo de filmagem das duas é bem parecido, mas me cativou mais que The Office. Na série acompanhamos o dia a dia de uma delegacia de polícia (99) e seus delegados, em especial o Jake Peralta (Andy Samberg), um delegado engraçadinho. Demorei bastante para assistir porque nunca imaginei que uma série sobre delegacia pudesse ser engraçada, me enganei.

Ainda estou na terceira temporada e a série já vai para sexta (a FOX cancelou mas a NBC comprou). Está disponível na Netflix até a quarta temporada.

 

E você, qual foi sua última série maratonada?

Compartilhe no Facebook

Post escrito por

Beatriz (Bia) Martins. Dicas e resenhas de beleza, moda, filmes, séries, viagens e música.

 

Já faz um tempinho que não conto pra vocês o que tenho assistido, agora que estou com 3 séries novas achei um bom momento:

1. Crazy Ex-Girlfriend

A série é uma comédia musical diferente de tudo que costumo ver. O humor beira o pastelão, com músicas sobre situações que estão acontecendo na vida da personagem principal, Rebecca, uma jovem adulta que larga um emprego de advogada em N.Y em troca da busca pela sua felicidade (e seu ex) numa cidade pequena.

Mesmo sendo meio doida, como o próprio nome da série diz, a personagem da Rebecca cativa a gente. Acho a série bem feminista também, o que é sempre bom. Ela está disponível no Netflix, a segunda temporada entrou por agora e eu já estou maratonando.

2. This is Us

This is Us é uma das séries mais lindas que já vi. Um drama sobre uma família formada pela mãe ( Rebecca), o pai (Jack, o Jess de Gilmore Girls) e os três filhos: Randall (adotado), Kate e Kevin. Os três compartilham o mesmo aniversário e descobrir como isso acontece é só uma das situações lindas vividas por eles.

A série vai e volta no tempo, nos contando cada vez um pouco mais sobre todos eles, juntos e separados. Pra quem não conhece a série parece mais uma história sobre uma família qualquer mas não é.

A forma como a história é contada é maravilhosa. Infelizmente não tem no Netflix, eu acabei vendo pelo Popcorn Time mas dá pra baixar. Aproveita que a primeira temporada acabou de terminar pra maratonar!

3. Big little lies

Apesar do nome essa mini-série não tem nada a ver com Pretty Little liers. É um drama novo com vários atores famosos como Reese Whiterspoon, Nicole Kidman e Shailene Woodly. Conta a história de mães de crianças da primeira série que aparentam ter a vida perfeita, bem no estilo Desperate Housewives, mas logo vemos que não é bem assim.

De alguma forma elas estão envolvidas com um assassinato e aos poucos vamos não só descobrindo isso como detalhes da vida de cada uma. É um drama mais forte mas bem intrigante. Até agora só 5 episódios foram ao ar mas já foi o suficiente pra viciar muita gente como eu haha. Como a série é nova, tive que baixar os episódios.

Já assistiu alguma delas? O que tem assistido? :)

Compartilhe no Facebook

Post escrito por

Beatriz (Bia) Martins. Dicas e resenhas de beleza, moda, filmes, séries, viagens e música.

Procurando por um romance diferente acabei me deparando com Stuck in Love, um filme de 2012 sobre o amor e suas diferentes formas. Nele acompanhamos um ano (conturbado) da família Borgens.

O pai da família, Willian Borgens (Greg Kinnear), é um escritor famoso mas que não escreve nada há 3 anos, desde que sua esposa (Jennifer Connely) o largou por outro. Ele ainda a ama e vive espiando sua nova vida, esperando que ela volte.

Samantha (Lilly Collins) é a filha mais velha que está na faculdade e acaba de publicar seu primeiro livro. Por ter sofrido com os pais ela não acredita mais no amor e o evita sempre, mesmo ao conhecer um cara legal como Louis (Logan Lerman).

Rusty (Nat Wolff) é o filho adolescente mais novo que também quer ser escritor mas é do tipo sentimental demais que passa mais tempo pensando do que agindo, por isso perde experiências até se envolver com Kate (Liana Liberato), a menina que sempre gostou mas que é bem problemática.

O filme desenvolve bem a história de cada um relacionada ao amor. O pai com a possível segunda chance com a mãe, a Samantha que não se permitia amar, o Rusty com seu primeiro amor e o amor da própria família. Gostei bastante da história, dos atores escolhidos e da trilha sonora!

Ele está disponível no Netflix. Já assistiu? O que achou? :)

Compartilhe no Facebook

Post escrito por

Beatriz (Bia) Martins. Dicas e resenhas de beleza, moda, filmes, séries, viagens e música.