Por ter a pele oleosa, especialmente a zona T, acabo investindo bastante em bases. Testo várias em busca das melhores para a minha pele e sempre conto por aqui o que achei, mas percebi que tem outras coisas que uso que são tão importantes quanto a qualidade da base e influenciam muito a sua duração.

Separei nesse post as 5 coisas que mais me ajudam a prolongar a duração da base, espero que ajude vocês.

1. Rosto limpo – Tônico adstringente

Não adianta nada usar maquiagens de qualidade se antes de aplicar seu rosto não estiver limpo. Sempre uso um adstringente para remover a sujeira e oleosidade, mesmo se tiver acabado de lavar o rosto. Meus preferidos são os mais naturais, não uso adstringentes com álcool, agrindem muito a pele e a deixam mais oleosa.

Agora estou usando um gringo baratinho que já mencionei em vídeos de favoritos, o Thayers Witch Hazel. Aqui embaixo você encontra outros que gostei sem álcool e que quero testar.

 

1.    2.    3.    4.    5. 

2. Primer

Todas as vezes que quero a pele mais perfeita uso um primer, não uso sempre porque eles não deixam a pele “respirar” muito bem. Os primers não só prolongam a base como podem reduzir a aparência de poros e cravos, como é o caso do meu preferido, o porefessional da Benefit. Aplico na zona T  e já vejo diferença antes mesmo da base, a pele fica lisinha, a base aplica melhor e os cravos e poros menos aparentes. Separei aqui alguns primers legais para peles oleosas.

 

1.   2.   3.   4.   5.

3. Bálsamo pós barba nivea men sensitive

 

Há alguns meses atrás esse bálsamo virou sensação depois de uma youtuber gringa testar como primer e dizer que ele funciona. Comprei e vi que funciona mesmo, apesar de não ser siliconado (não disfarçar imperfeições) ele prolonga sim a base! Passo no rosto quando vou ficar o dia todo fora e espero ficar quase seco mas ainda meio “grudando” para passar a base. É essa textura “grudenta” dele que segura bem a base no rosto. Você encontra ele aqui e em várias farmácias e supermercados.

4. Pó

Algumas bases para pele oleosa já são matte mas quem tem a pele realmente oleosa sabe que sair sem pó não dá. É importante que o pó seja de qualidade, já que vai selar a base. Procure sempre um para peles oleosas e dê preferência para pós mais finos (meus preferidos são os translúcidos prensados), além de fixarem melhor também são mais naturais.

 

1.   2.   3.   4.   5.

5. Lenços removedores de oleosidade ou papel seda

Quem tem a zona T oleosa como eu deve sempre carregar um papel desses na bolsa! O papel remove bem a oleosidade sem tirar a maquiagem, é só pressionar por alguns segundos. Caso vá passar o dia fora é legal usar uma vez ele e outra vez retocar o pó. As meninas do Coisas de Divas fizeram um post aqui com preços desses lenços mas também dá pra usar papel seda, é só deixar cortadinho.

Vocês usam alguma coisa para prolongar a base? Me contem o que! :)

Compartilhe no Facebook

Post escrito por

Beatriz (Bia) Martins. Gosto mais de maquiagem, filmes e seriados do que de algumas pessoas. Tenho alma de gordinha, mas gosto de alimentação saudável. Compartilho aqui isso e um pouco mais.

Não é por ser alta que não uso muito salto-alto, é pelo conforto mesmo. Tenho escoliose e ela piora com o salto, então me acostumei a usar sapatos baixos para evitar a dor. Com isso me apeguei a muitas sapatilhas, botas e tênis mas a moda atual tem considerado o conforto cada vez mais e saltos diferentes e confortáveis agora estão em alta, especialmente flatforms e saltos tratorados.

Claro que já quero vários modelos, então separei alguns para desejarmos juntos:

800

 

1. Espadrille flatform arezzo.                                                          5. Tênis Carrano.                                                 8. Sandália Luiza Barcelos.

2. Sandália Shultz.                                                                            6. Flat Carrano.                                                    9. Tênis Carrano.

3. Creeper Rihanna para Puma.                                                     7. Melissa Mar.

4. Flox III Melissa.

 

As flatforms são plataformas planas, por isso são bem confortáveis e fáceis de usar. Lembro dessas sandálias na moda no início dos anos 2000, é o tipo de peça que achei que nunca mais ia querer usar e a moda mais uma vez me provou o contrário. A maioria dos sapatos são mais pesados e pedem ocasiões descontraídas, muitos deles tem o estilo grunge, que tenho gostado muito e também são tratorados.

 

1. Oxford com salto Costes.                                                                  5. Melissa Stellar.

2. Coturno tratorada marrom Vernon.                                               6. Sandália Taquilla.

3. Sandália tratorada Santa Lolla.                                                       7. Sandália Corello.

4. Tênis Taquilla.

O tratorado tem esse nome por lembrar um pneu de trator, é um solado de borracha, não deixa o sapato escorregar. Gosto demais de sapatos assim, assim como  as flatforms são descontraídos e mais pesados. Caso não queira deixar o look pesado é só usar com peças mais leves.

Você encontra esses saltos em vários tipos de sapatos e eles podem ser usados com vários tipos de look, é um ótimo jeito de modernizar looks mais clássicos.

Vocês gostam? :)

Fonte.

Compartilhe no Facebook

Post escrito por

Beatriz (Bia) Martins. Gosto mais de maquiagem, filmes e seriados do que de algumas pessoas. Tenho alma de gordinha, mas gosto de alimentação saudável. Compartilho aqui isso e um pouco mais.

Vocês conhecem minha busca incessante pelo melhor e mais natural pó, né? Estou sempre experimentando um novo que prometa ser melhor, já que minha pele é oleosa, com poros abertos e com cravos no nariz. Li sobre o pó da Too Faced e aproveitei que teria a oportunidade de comprar e comprei.

O que o produto diz

Pó sedoso, com acabamento translúcido que se adapta a qualquer tom de pele enquanto minimiza a aparência de poros e linhas finas. A fórmula leve pode ser usada sozinha, por baixo da base ou por cima para preparar a pele, segurar a maquiagem e controlar brilho para um acabamento perfeito. Possui tecnologia de alta resolução que transforma a pele diminuindo os poros e outras imperfeições.

O que achei

A embalagem desse pó é a mais linda que já tive e uma das mais bonitas que já vi. A Too Faced realmente pensou bem nela, é bem retrô mas ao mesmo tempo bem segura, dura e grossa. Não deixei cair no chão mas parece aguentar bem quedas e viagens. Além disso vem com uma boa esponja embaixo junto com um bom espelho.

Apesar do pó sumir no rosto não é branco, é um pouco amarelado. Prefiro assim, não muda praticamente nada o tom da base como normalmente acontece com pós translúcidos brancos. Ele também é prensado, já disse aqui que prefiro esses,  assim não preciso tomar muito cuidado para não sair com pontos brancos ao tirar uma foto.

Mas o que me fez comprar o pó foi a promessa de diminuir os poros, nunca tinha testado um pó que promete isso. Fiquei bem surpresa ao ver que ele cumpre mesmo. Não é mágica, claro, mas a pele fiica  com o acabamento bem mais bonito com ele, mais perfeita. Além disso ele é sem parabenos, o que é sempre bom.

 

Ele é tão fino quanto um pó solto translúcido. Se solta bem fácil também.

Sobre o controle de oleosidade o Primed and Poreless também cumpre muito bem, junto com o HD da Make up Forever, são os que seguram melhor a oleosidade no meu nariz. Só queria mesmo que as empresas investissem em duas versões de pó, uma com filtro solar para o dia e um sem para a noite.

O único ponto realmente negativo do pó é o fato de não vender por aqui no Brasil. A Sephora daqui infelizmente não trouxe a Too Faced para cá ainda, marca que tenho gostado muito. Ele custa $30 na Sephora gringa, o preço médio dos pós gringos. Ah, a marca também tem um primer da mesma linha, vende aqui.

Já ouviram falar da marca e do pó? Falei aqui de uma máscara da mesma marca, lembram? :)

Compartilhe no Facebook

Post escrito por

Beatriz (Bia) Martins. Gosto mais de maquiagem, filmes e seriados do que de algumas pessoas. Tenho alma de gordinha, mas gosto de alimentação saudável. Compartilho aqui isso e um pouco mais.