A BECCA é uma marca de maquiagem americana que ficou bem famosa nos últimos anos, especialmente por seus iluminadores. O Champagne Pop, criado em parceria com uma das minhas youtubers gringas preferidas, Jaclyn Hill, é o mais famoso.

O que ele promete

Iluminador em pó cremoso com acabamento super brilhoso. Sua fórmula é feita com pérolas iluminadoras que absorvem e refletem a luz para ampliar seu iluminado natural. Os pigmentos multicoloridos das pérolas se ajustam ao tom da pele.

O que achei

Escolhi a embalagem comemorativa, que vem com um champagne no iluminador, é uma das embalagens mais lindas que já vi. Além disso ela é toda de metal, bem moderna e vem com um espelho super bom dentro. Gostei muito da embalagem.

A textura do iluminador é bem cremosa mesmo, parecida com a do Mary Lou Manizer, que já foi meu iluminador preferido. Aplica super bem no rosto, sem esfarelar.

A cor dele puxa para o dourado mas tem um pouco de rosado também, por isso fica bem em diversos tons de pele. Iluminadores muito dourados não costumam ficar bem em peles muito claras. Por isso meninas muuito branquinhas talvez não amem ele mas eu, que tenho o fundo da pele amarelado, amei.

O champagne pop é famoso por seu brilho, é o iluminador mais brilhoso que tenho. Comparei aqui com outros dois semelhantes: Luisance, Champagne Pop e Mary Lou Manizer da The Balm. O da paleta de contorno da Luisance lembra bem ele mas não é tão brilhante quanto, nem tão macio e é mais dourado. Já o Mary Lou Manizer é menos pigmentado e mais branco.

Luisance x Champagne Pop x Mary Lou Manizer da the Balm

O único problema de um iluminador tão brilhoso assim é que acentua bastante onde você passa, como tenho poros abertos ele acaba acentuando isso. Também acentua linhas de expressão, não é o melhor iluminador para uma pele madura.

Sua durabilidade na pele é ótima! Já corri com ele (4km, suei bastante) e ele permaneceu intacto. É meu iluminador preferido agora, deixa a pele a cara do verão, sabe?  O preço é salgado, custa $38 na Sephora gringa mas vem bastante produto. A versão mini custa $19.

Foto do celular na luz do dia com o Champagne Pop:

Os produtos da BECCA ainda não são vendidos no Brasil mas tem sempre alguma loja online que vende produtos gringos vendendo. :)

Compartilhe no Facebook

Post escrito por

Beatriz (Bia) Martins. Gosto mais de maquiagem, filmes e seriados do que de algumas pessoas. Tenho alma de gordinha, mas gosto de alimentação saudável. Compartilho aqui isso e um pouco mais.

A Naked Heat é o último lançamento das famosas paletas Nakeds da Urban Decay. A paleta, como o próprio nome diz, se inspira no calor, em tons quentes mas ao mesmo tempo neutros.

São 12 cores, 7 matte, uma semibrilhosa e 4 bem brilhosas. As sombras são pigmentadas, gosto muito das sombras opacas da Urban Decay, são tão boas que parecem ter textura amanteigada, além disso esfumam muito bem. O único problema dessa paleta é que as sombras esfarelam um pouco, bem mais que nas outras.

A embalagem é um plástico bem resistente e mais leve que a da última paleta (Naked Smoky, tem resenha aqui). Vem dentro de uma caixinha de papelão como as outras vieram.

A paleta vem com um pincel de esfumar. Todas as Nakeds vem com um pincel e com um espelho muito bom.

As cores (por disposição na paleta):

Seis primeiras sombras:

Chaser – Marrom bem clarinho opaco. Uso tanto na pálpebra móvel quanto para esfumar cores mais fortes.

Sauced – Marrom médio alaranjado opaco. Uma das minhas cores preferidas na paleta! Amo esse tom no côncavo.

Low Blow – Marrom médio quente, é opaca.

Lumbre – Coral rosado com brilhos dourados. É linda para o dia, mas das brilhosas a menos pigmentada. Preciso passar um pouco mais com o dedo para pigmentar bem.

Swatches

 

Seis últimas sombras:

 

He Devil – marrom avermelhado opaco. Gosto muito desse tom, apesar de diferente não é exagerado.

Dirty Talk – sombra brilhosa, quase metálica cobre.  Super amanteigada, uma das mais bonitas mas das que mais esfarelam também (mesmo assim não tive problemas com ela).

Scorched – sombra brilhosa, quase metálica com tom rose gold com fundo marrom.  Um pouco menos amanteigada que a dirty talk mas funciona bem ao ser aplicada com o dedo.

Cayenne – marrom mais escuro quente e opaco.

En Fuego – sombra vinho com fundo marrom opaca. Por ser mais escura, mais seca “menos amanteigada” que as outras é um pouco mais difícil de trabalhar.

Ashes – roxo fechado. Assim como a En Fuego, é mais seca eum pouco mais difícil de esfumar que as outras.

Ember – Bronze com roxo, a cor mais diferente da paleta. Bem pigmentada e fácil de aplicar.

Swatches

 

Não estava acostumada com cores quentes e gostei muito da paleta! Ela custa $ 54 na Sephora gringa, ainda não chegou aqui no Brasil.

 

Maquiagem usando as cores Sauced, Scorched, Cayenne e En Fuego.

Compartilhe no Facebook

Post escrito por

Beatriz (Bia) Martins. Gosto mais de maquiagem, filmes e seriados do que de algumas pessoas. Tenho alma de gordinha, mas gosto de alimentação saudável. Compartilho aqui isso e um pouco mais.

 

Quem tem a pele mista a oleosa como a minha sabe a diferença que um bom primer faz na maquiagem, especialmente para prolongar seu uso e disfarçar imperfeições. Como o meu favorito The Porefessional está acabando resolvi testar esse da Smashbox, que também é bem famoso.

O que ele promete

Creme Pré-Maquiagem, cria a tela perfeita para a aplicação de base com uma combinação leve de vitamina E, extrato de semente de uva e chá verde. Utilize sozinho ou por baixo da base e reduza a aparência de poros e linhas. O nosso best-seller ainda garante um acabamento macio e aveludado, livre de óleo.

O que achei

Gosto de embalagens práticas, essa é uma delas. Como boa parte é transparente dá pra ver o produto dentro. Além disso é em bisnaga e vem com uma tampa em rosca, quando o produto chegar ao fim vou conseguir usar tudo.

O primer tem a textura semelhante a do Porefessional da Benefit, mais grossinho e não líquido; é também siliconado, dá aquela sensação gostosa aveludada ao aplicar no rosto, sabe? Deixa lisinho e perfeito pra receber a base. Apesar deles serem parecidos nesse quesito senti que não cobre tanto as imperfeições quanto ele, o Porefessional disfarça mais os poros.

O que me surpreendeu mesmo foi como ele ajuda a base a durar mais no rosto, fiquei muito feliz com isso! Nas primeiras semanas que testei estava SUPER gripada e não parava de assoar o nariz, todas as vezes que usei o Photo Finish da Smashbox a maquiagem do nariz durava bem mais, só saía um pouquinho no nariz.

Testei assim com várias bases, até as que não duram quase nada normalmente na minha pele e ele fez durar! Desde então tenho usado esse primer quase todas as vezes que uso maquiagem, com ele mal preciso retocar o rosto durante o dia, gostei muito.

Ele é oil-free, sem óleo, por isso deixa a pele sequinha também! Tenho também o Photo Finish Light que é a base d´água, bem levinho e não gosto muito, não segura minha oleosidade e não melhora a aparência dos poros. Pra mim o Photo Finish normal é beeem melhor! A Smashbox ainda tem dois outros, um que reduz poros (quero testar) e outro que disfarça a vermelhidão.

O meu é da Sephora, custa R$ 99 o de 12ml e R$ 199 o de 30ml. Sugiro que testem primeiro na loja e se joguem no de 30ml, que vale mais a pena. :)

Já testaram? Qual primer custumam usar?

 

Compartilhe no Facebook

Post escrito por

Beatriz (Bia) Martins. Gosto mais de maquiagem, filmes e seriados do que de algumas pessoas. Tenho alma de gordinha, mas gosto de alimentação saudável. Compartilho aqui isso e um pouco mais.